.CHAPA 2 É ELEITA NO SINDICATO DOS SERVIDORES DE JUNDIAÍ.

CHAPA 2 É ELEITA NO SINDICATO DOS SERVIDORES DE JUNDIAÍ

...

Leia mais..

.HOTELEIROS DE VOTUPORANGA REALIZAM 23º EDIÇÃO DO GARÇOM E GARÇONETE CROSS.

HOTELEIROS DE VOTUPORANGA REALIZAM 23º EDIÇÃO DO GARÇOM E GARÇONETE CROSS

...

Leia mais..

.IMAGEM DO DIA: REUNIÃO MENSAL DA REGIONAL DO ABC.

IMAGEM DO DIA: REUNIÃO MENSAL DA REGIONAL DO ABC

...

Leia mais..

.COORDENADOR REGIONAL DE BAURU VISITA SEDE DOS METALÚRGICOS DE JAÚ.

COORDENADOR REGIONAL DE BAURU VISITA SEDE DOS METALÚRGICOS DE JAÚ

 ...

Leia mais..

.I ENCONTRO DE MULHERES E ENTIDADES DE MARÍLIA.

I ENCONTRO DE MULHERES E ENTIDADES DE MARÍLIA

...

Leia mais..

Força Sindical SP

FORÇA SINDICAL PARTICIPA DA 2ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DE MULHERES

Imprimir PDF

A secretária Maria Auxiliadora reforçará os pontos já definidos pelo Conselho Nacional de Saúde

Entre  os dias 17 e 20, mulheres de todo o País, que são conselheiras e convidadas vão participar da 2ª Conferência Nacional de Saúde de Mulheres, que será realizada no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. “Esta Conferência é importantíssima para as mulheres porque a 1ª Conferência aconteceu em 1986, portanto, há 30 anos”, diz Maria Auxiliadora dos Santos, secretária nacional da Mulher da Força Sindical.

Leia mais...

COMISSÃO ESPECIAL DA CÂMARA APROVA PISO NACIONAL PARA AGENTES DE SAÚDE E DE ENDEMIAS

Imprimir PDF

Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias lotaram o Plenário Nereu Ramos para acompanhar a votação, pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados, da PEC 22/11 que fixa regras para a remuneração dos agentes de saúde e endemias.

A proposta foi aprovada por unanimidade.

Leia mais...

A FORÇA DOS TRABALHADORES!

Imprimir PDF

O movimento sindical, por meio de seus sindicatos, suas federações, confederações e centrais sindicais, vêm, ao longo dos anos, erguendo bandeiras de lutas que dizem respeito aos trabalhadores de todo o País, e de todas as categorias, contra a retirada de direitos, por uma queda expressiva da taxa básica de juros, pela manutenção dos postos de trabalho existentes e sua ampliação, por ambientes de trabalho saudáveis, por máquinas protegidas, pela valorização dos salários, aposentadorias e pensões, e pelo estrito cumprimento dos textos das Convenções Coletivas de Trabalho, entre outras demandas.

Leia mais...

JOVENS PODEM CAIR EM 'LIMBO IRREVERSÍVEL' NO BRASIL, DIZ ECONOMISTA

Imprimir PDF

No momento em que deveria aproveitar suas últimas décadas de população predominantemente jovem e preparar-se para os desafios tecnológicos e sociais do século XXI, o Brasil está exterminando sua juventude em uma velocidade assustadora - negros, em especial, são as principais vítimas. Para os jovens brasileiros, é cada vez maior o risco de que o futuro esteja fadado a um quadro irreversível de "limbo": trabalho informal, pobreza e sem repertório para mudar a realidade.

Leia mais...

AEROVIÁRIOS FARÃO OFICINA DE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

Imprimir PDF

Será realizada uma Oficina de formação em SST (Saúde e Segurança do Trabalho) para todos os dirigentes do Sindicato dos Aeroviários de São Paulo.

A decisão foi tomada em reunião realizada no dia 15 de agosto entre os secretários de saúde do trabalhador Arnaldo Gonçalves; João Donizete Scaboli; Luis Carlos de Oliveira; Valdir Santos de lima e o assessor técnico Rogério de Jesus, todos da Secretaria de Saúde do Trabalhador da Força Sindical e o diretor Romildo Emerêncio Barroso, do Sindicato dos Aeroviários de São Paulo para tratar de demandas da categoria relacionadas à saúde do trabalhador.

Leia mais...

GOVERNO PROPÕE SALÁRIO MÍNIMO R$ 10 MENOR EM 2018, DE R$ 969

Imprimir PDF

Redução pode gerar, em 2018, R$ 3 bilhões de economia ao governo, que ontem propôs revisão da meta fiscal devido à arrecadação abaixo da prevista.

O governo baixou em R$ 10, de R$ 979 para R$ 969, a previsão para o salário mínimo em 2018. A redução, se confirmada, deve gerar uma economia de R$ 3 bilhões ao governo no ano que vem (veja mais abaixo neste texto).

Leia mais...

TST DÁ GANHO DE CAUSA A TRABALHADORES PORTUÁRIOS POR SUPRESSÃO DE HORAS EXTRAS NA IMPLANTAÇÃO DO 'PORTO 24H'

Imprimir PDF

Em decisão que promete causar polêmica no cenário portuário do país, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) deu ganho de causa ao Sindicato dos Conferentes de Carga, Descarga e Capatazia do Porto de Santos ao determinar o pagamento de valor indenizatório aos portuários em razão da redução da jornada de trabalho decorrente da alteração do horário de funcionamento do Porto de Santos, em junho de 1997.

Leia mais...

Voltar ao topo

Copyright © 2012 - todos os direitos reservados

Template by Orlando Morais