Campinas recebe Plenária Estadual da Força Sindical

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sintercamp

Campinas recebeu nesta terça-feira, 19 de junho, a Plenária Estadual da Força Sindical sobre a Campanha Salarial Unificada.

O evento aconteceu na Prefeitura Municipal e contou com a presença do presidente Nacional interino da Força Sindical, Miguel Torres, do presidente estadual da Central, Danilo Pereira da Silva, além de demais dirigentes sindicais de entidades filiadas à Força Sindical, representantes de outras centras centrais e autoridades.

O evento teve como objetivo reforçar a unidade de ação nas campanhas salariais do 2º semestre e debater estratégias para minimizar os impactos da Reforma Trabalhista. Os participantes também acompanharam uma apresentação do DIEESE com um balanço das negociações do primeiro semestre, com dados importantes que poderão subsidiar as próximas negociações.

“Há alguns meses esse assunto da Reforma Trabalhista está em pauta e nos reunimos novamente para debater esse cenário, fazer um diagnóstico deste primeiro semestre e avaliar os próximos passos, quais as expectativas para esse segundo semestre. Nosso objetivo é a unidade, a realização de ações conjuntas com foco nas negociações do segundo semestre”, explicou o presidente Estadual da Força Sindical, Danilo Pereira da Silva.

“A Reforma tirou direitos e penalizou o trabalhador brasileiro, mas temos que resistir e o movimento sindical tem feito a sua parte. É uma crise política, econômica, ética e estrutural, as perspectivas não são boas, mas temos algumas saídas e precisamos agir conjuntamente. É momento de nos unir e principalmente de trazer essa discussão para as negociações salariais. O trabalhador precisa de nós”, completou o presidente Nacional e interino da legenda, Miguel Torres.

Representando a Regional Campinas da Força Sindical, coordenada por Paulo Ritz, o assessor Carlos Ferreira reforçou a importância da união e o papel do movimento sindical neste momento de crise. “A crise afetou o país inteiro e tivemos inclusive que fechar nossa Regional, mas continuamos unidos e prova disso é a presença em peso das entidades filiadas nesta Plenária. Essa é a hora de mostrar o papel do movimento sindical e com a união nossas ações terão mais força e mais peso”, concluiu Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *