Dirigentes analisam perspectivas do movimento sindical em Piracicaba

Da Redação

Analisar e discutir ações unificadas para combater a perda de direitos. Esse é o objetivo das plenárias realizadas nas seções regionais da Força São Paulo. Nesta quarta, 11, a diretoria da entidade esteve no Clube de campo do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba para orientar os sindicatos filiados.

Semelhante as plenárias que ocorreram na última semana em Ribeirão Preto e Araçatuba, o encontro avaliou a conjuntura econômica, alternativas de financiamento das entidades sindicais e as campanhas salariais com dirigentes regionais de Piracicaba, Rio Claro, Campinas, Sorocaba, Itapetininga, São João da Boa Vista e Mogi Guaçu.

Para o presidente da Força São Paulo, Danilo Pereira, uma das maneiras de combater o enfraquecimento da estrutura sindical é a campanha de sindicalização permanente. ” Venderam para os trabalhadores que [com a reforma] eles sairiam ganhando por não pagar mais o imposto, mas a verdade é outra. É importante esclarecer os impactos negativos da reforma e o quanto é importante manter uma estrutura sindical forte. Para isso é preciso estar na fábrica sempre”, disse.

O pensamento de enfatizar o papel do sindicato também foi destacado pelo secretário da Promoção da Igualdade Racial da Força São Paulo, Francisco Quintino.

“Precisamos enfrentar o momento com articulação política, unidade de ação e compromisso coletivo. Não há mágica, não transformaremos a situação sem inspiração e muita transpiração. Quem não entender, ficará pelo caminho”, finalizou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *