Dirigentes apoiam protesto de terceirizados na refinaria RPBC

Na manhã desta terça-feira, 31, o Sintracomos recebeu apoio de dirigentes de outras categorias no protesto contra a refinaria RPBC.

Cerca de 1 mil terceirizados atrasaram sua entrada na empresa para protestar contra a redução salarial em virtude de novos contratos da estatal com empreiteiras, entre elas a multinacional SGS. Essa empresa seguiu o acordo de trabalho do Sintracomos na refinaria até 2016, quando foi substituída pela concorrente Autvale, que passou a se basear na convenção coletiva do sindicato dos metalúrgicos de Santos.

O protesto contou com a presença do secretário-geral da Força São Paulo Carlos Augusto, o Carlão dos Metalúrgicos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *