Força Sindical insiste na defesa da Proguaru

FONTE: Agência Sindical

A Força Sindical insiste em audiência com o prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), para defender a Proguaru, empresa de economia mista que presta serviços de zeladoria ao município.

Na visão da Central, a Proguaru não pode fechar e seus empregados não podem ser demitidos. Essa é a posição manifestada várias vezes pela Regional Guarulhos, a Força Estadual e também a instância Nacional.

A Central protocolou no gabinete do prefeito um ofício que solicita audiência com o governante, autor do Projeto de Lei que prevê a extinção da empresa e demite todos os funcionários, cerca de 4,6 mil.

Presidente nacional da Força Sindical, Miguel Torres quer ir a Guarulhos para tratar do tema com o prefeito Guti. Na noite de terça (17), ele enviou mensagem de texto ao mandatário e reafirmou o contato na manhã de quarta (18). A audiência, porém, ainda não foi realizada.

“O sindicalismo e a Força, em especial, defendem o emprego como prioridade máxima e questão essencial para as famílias e o equilíbrio social, das cidades e da Nação”, afirma Miguel.

carros de som circulam pela cidade em defesa da Proguaru
Carros de som circulam pelas ruas pra sensibilizar prefeito para que desista de fechar a empresa

Sindicatos da cidade, como os Metalúrgicos e os Químicos, mantêm carros de som nas ruas e avenidas com apelos ao prefeito e aos vereadores no sentido de preservar a Proguaru e os empregos. Até o momento, são cinco carros, mas esse número deve crescer nos próximos dias.

José Barros da Silva Neto, coordenador da Força Regional e dirigente metalúrgico, afirma: “O prefeito deve ouvir as entidades organizadas, principalmente as que representam os trabalhadores, como o Stap e as Centrais. A Força Sindical busca sempre dialogar. Vamos persistir até que o prefeito nos ouça”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *