Governo nega notícia e diz que não estuda cobrar pela carteira de trabalho

Fonte: UOL

“A emissão da carteira de trabalho sempre foi e continuará a ser feita sem qualquer custo para o trabalhador”. A afirmação foi feita pelo Ministério do Trabalho, em nota divulgada nesta terça-feira (21), após reportagem do jornal”O Globo” afirmar que o governo estaria estudando cobrar para emitir o documento.

O governo discute uma parceria com os Correios para que as agências passem a emitir a carteira de trabalho para os brasileiros.Segundo a reportagem, o acordo permitiria que os Correios cobrassem pelo serviço, com “possibilidade de reajustes anuais ao longo dos cinco anos previstos para a parceria”.

“O ministério já decidiu, por determinação do ministro Caio Vieira de Mello, que a taxa de conveniência pela entrega do documento expedido pelos Correios –um dos pontos em discussão no acordo entre o ministério e o órgão– será custeada pela pasta. O custo do serviço ainda está sendo avaliado”, informou a pasta, em nota.

De acordo com o governo, a expedição do documento continuará ocorrendo em toda a rede de atendimento do Ministério do Trabalho (postos do Sine, gerências regionais e superintendências do Trabalho nos estados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *