Manifestação das centrais reúne milhares em Brasília

Da Redação

Mais de 100 mil trabalhadores participam nesta quarta-feira, 24, da Marcha a Brasília, mobilização convocada pela Força Sindical e demais centrais sindicais há quase 1 mês.

A mobilização contra as reformas trabalhista e previdenciária reúne trabalhadores de diversas categorias de todo o Brasil e conta ainda com o apoio de alguns parlamentares.

Pela manhã houve concentração no Parque da Cidade, ao lado da Torre de TV, e a Marcha seguiu em direção ao Congresso Nacional às 12 horas. Pouco depois do horário do almoço a Marcha já contabilizava cerca de 50 mil pessoas e foi ganhando corpo no decorrer das avenidas.

“Nossa manifestação é pacífica; é para fazer pressão. Queremos mostrar o nosso descontentamento com as reformas propostas pelo governo. O trabalhador não pode continuar pagando a fatura da crise”, disse Danilo Pereira, presidente da Força São Paulo.

Repressão da polícia

A Polícia Militar do DF usou bombas de gás lacrimogêneo para evitar que manifestantes se aproximassem do Congresso Nacional, atingindo os trabalhadores indiscriminadamente.Alguns manifestantes ficaram feridos.

O governo do Distrito Federal adotou recentemente um esquema de segurança limitado a aproximação de manifestações, revistas e a proibição do porte de bandeiras.

A manifestação desta quarta-feira é a primeira com esse tipo de esquema de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *