Morre Daniel Grandolfo, presidente do Sindasp

Fonte: Sindasp

Além de Grandolfo (37 anos), também faleceram os diretores José Cícero de Souza, Lobó, (54 anos) e Edson Chagas, Cebolinha, (57 anos)

É com imenso pesar, que o Sindasp-SP comunica à categoria dos agentes de segurança penitenciária, e à sociedade, o falecimento do presidente do Sindasp-SP, Daniel Grandolfo (37 anos), na madrugada de quinta-feira (12). Grandolfo foi sepultado em Presidente Prudente, na sexta-feira.

Grandolfo não resistiu ao acidente sofrido na madrugada de ontem, quando retornava de Brasília-DF, com outros dois diretores do Sindasp-SP, José Cícero de Souza, “Lobó” (54 anos) e Edson Chagas “Cebolinha” (57 anos). José Cícero e Edson Chagas faleceram no local do acidente. Grandolfo estava internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Base de São José do Rio Preto e passava por uma cirurgia.

Os diretores do Sindasp-SP estiveram durante toda a terça-feira (10) no Senado Federal para o acompanhamento da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 14/2016, que cria a Polícia Penal federal, nos estados e no Distrito Federal. A votação não ocorreu por falta de quórum no Senado.

O acidente ocorreu na Rodovia Assis Chateubriand, no município de José Bonifácio, cerca de 50km de São José do Rio Preto, em um choque com um caminhão carregado de tijolos.

Um comentário em “Morre Daniel Grandolfo, presidente do Sindasp

  • 16 de outubro de 2017 em 22:02
    Permalink

    Muito triste a morte destes homens. Um deles,o Daniel era o nosso amigo. Que Deus conforte as famílias neste momento tão doloroso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *