Nota oficial do Sinpospetro-SP sobre duplo homicídio em posto de combustível

Fonte: Assessoria de imprensa do Sinpospetro-SP

O Sindicato dos Frentistas de São Paulo (Sinpospetro-SP) está acompanhando as investigações policiais que têm o objetivo de apurar as circunstâncias em que o frentista Manoel dos Santos Silva teria matado dois homens e ferido outras duas pessoas em um posto de combustível, no dia 3 de fevereiro.

O Sinpospetro-SP não compactua com nenhum tipo de crime e defende que se a culpa do frentista ficar comprovada pela justiça ele deve ser punido conforme determina a lei.

Porém, imagens divulgadas por emissoras de TV mostram que o frentista entrou em briga corporal com alguns indivíduos, foi agredido no peito, caiu ao receber uma rasteira e só depois teria reagido e praticado os crimes.

Insistimos que a atitude do frentista parece ser injustificável, Da mesma forma, entendemos que estão erradas as pessoas que agrediram o trabalhador. Por isso, diretores do Sinpospetro-SP e advogados estão acompanhando o caso para que a justiça seja feita.

Rivaldo Morais da Silva – presidente do Sindicato dos Frentistas de São Paulo (Sinpospetro-SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *