Professores de Guarulhos cobram condições de trabalho e evoluções

Fonte: Agência Sindical

O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap) convoca os Educadores da rede pública para reunião na entidade.

O objetivo é debater os principais problemas do setor, como superlotação de salas, sobrecarga de trabalho, falta de contratações e descumprimento das evoluções horizontais.

O presidente Pedro Zanotti Filho afirma: “Nosso Sindicato tem visitado as escolas e constatado muitos problemas. Os Professores se queixam de salas superlotadas, da falta de material didático e de outras deficiências. Infelizmente, o governo municipal não apresenta soluções. Mas nós precisamos encontrar saídas”.

A diretora Sara Santana, que também preside o Conselho Municipal de Educação, reforça: “Para cumprir bem sua missão, o Professor precisa ter condições de trabalho. O Sindicato atua, cobra, denuncia, mas as dificuldades são muitas. Se o governo está inerte, nós não estamos. Os Educadores vão à luta”.

Evolução – Outro pleito é a regulamentação do Artigo 24 da Lei 6.711/2010, sobre avaliação de desempenho. “Solicitamos diversas vezes que o governo regulamente o artigo, mas continuamos sem resposta. Já mandamos mais de 30 ofícios à Secretaria de Educação”, lembra Sara.

Quarta – A reunião no Stap será quarta (29), a partir das 19 horas, na sede (avenida Esperança, 840, Vila Progresso).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *