Protestos contra reforma da Previdência fecham Dutra e terminais em SP

Fonte: O Estado de S. Paulo

Motoristas de ônibus de Santo André, São Bernardo e Guarulhos paralisam atividades; Sindicato da categoria começou a liberar a entrada e saída dos coletivos às 7h30; protestos são contra a reforma da previdência

Motoristas e cobradores de ônibus das cidades de Santo André, São Bernardo do Campo e Guarulhos fizeram um protesto, na manhã desta segunda-feira, 19, contra a reforma da Previdência.

Segundo imagens do Bom Dia São Paulo, em Santo André, o sindicato da categoria não deixou os ônibus municipais e intermunicipais saírem do Terminal Oeste. Às 7h30 acabou a paralisação e houve a liberação dos coletivos, mas muitas pessoas andam a pé e há longas filas de ônibus na entrada e saída do terminal.

#Paralisação Bloqueio nas saídas dos terminais metropolitanos interferem na operação das linhas da, que está reforçando a frota à Diesel.

Em São Bernardo do Campo também houve paralisação. Os trólebus ficaram parados no terminal intermunicipal e os ônibus movidos à diesel fizeram trajetos alternativos.

Em Guarulhos, 85 linhas intermunicipais não saíram da garagem. Mas desde às 7h30, passageiros já conseguem pegar ônibus.

Outro protesto contra a Reforma da Previdência ocorre no Aeroporto de Congonhas. Os manifestantes estão batucam no saguão, em frente ao embarque.

Há bloqueio na rodovia Presidente Dutra, Km 214, sentido São Paulo. Manifestantes contra a reforma da Previdência colocaram fogo em pneus. Às 8h, a Polícia Militar liberou uma faixa da pista local sentido capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *