Rpbc Cubatão Petrobras: operários de terceirizada aceitam proposta do TRT e descartam greve

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sintracomos

Em assembleia na manhã desta quinta-feira (14), os operários da empreiteira Normatel, que presta serviços à refinaria presidente Bernardes de Cubatão (Rpbc Petrobras), aceitaram proposta da Justiça do Trabalho e descartaram a greve que haviam marcado para segunda-feira passada (11), mas que vinham adiando em busca de negociação.

A proposta, feita pelo desembargador vice-presidente Carlos Roberto Husek, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP), em audiência de instrução e conciliação na tarde de quarta-feira (13), estabelece 3% de reajuste salarial, retroativo a maio, data-base da categoria. E 25% no vale-refeição, que passou de R$ 20 para R$ 25.

A medida estabelece ainda participação nos lucros ou resultados (plr), com pagamento de metade no quinto dia útil de agosto próximo e o restante até a sexta-feira que antecede o carnaval de 2019, conforme a proporcionalidade de cada um. O retroativo dos 3% nos salários e do vale-refeição será pago no quinto dia útil de julho.

O presidente Macaé Marcos Braz de Oliveira e diretores do sindicato dos trabalhadores na construção civil, montagem e manutenção industrial (Sintracomos) explicaram os termos da proposta conciliatória, sob chuva, na portaria principal da refinaria. A medida foi aceita, às 8 horas, por unanimidade.

A greve havia sido aprovada na terça-feira da semana passada (5), com cinco reivindicações. Segundo Macaé, a assembleia foi convocada com base na lei de greve (7783-1989).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *