Salário mínimo paulista fica 16% acima do nacional

Fonte: Diário do Grande ABC e portal do governo do Estado de S. Paulo

Os novos valores são retroativos a 1º de janeiro deste ano

O salário mínimo paulista foi reajustado em 2,99%, o que eleva o piso mínimo para R$ 1.108,38. O montante supera em 16% o valor do salário mínimo nacional (R$ 954). A legislação de número 16.665 sancionada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e foi publicada no Diário Oficial do Estado. O valor anterior era mantido havia três anos.

Existem duas faixas do mínimo paulista: a um, de R$ 1.108,38 e, a dois, R$ 1.127,23. Na primeira estão incluídos trabalhadores domésticos, agropecuários e florestais, serventes, pescadores, trabalhadores de serviços de limpeza e conservação, auxiliares de serviços gerais de escritório, entre outros.

Já na dois estão os profissionais administradores agropecuários e florestais, de serviços de higiene e saúde, chefes de serviços de transportes e de comunicações, supervisores de compras e de vendas, agentes técnicos em vendas e representantes comerciais. A relação completa dos cargos está disponível no Diário Oficial.

O salário mínimo paulista foi instituído em 2007, quando havia três faixas: R$ 410, R$ 450 e R$ 490 – respectivamente, R$ 30, R$ 70 e R$ 110 acima do mínimo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *