Sintercamp conclui negociações salariais com ganho real para a Categoria

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sintercamp

O Sintercamp – Sindicato dos Trabalhadores em Refeições de Campinas e Região acabou de concluir as negociações salariais deste ano.

E por mais um ano consecutivo o Sindicato conquistou um reajuste com ganho real para a categoria, além da manutenção de todos os benefícios conquistados ao longo dos últimos anos.

Confira abaixo o resultado da negociação:

Piso normativo – Reajuste de 2,8% – Aumento real de 1,04%
Passando de R$ 1.213,00 para R$ 1.246,96 mensais ou R$ R$ 5,67 por hora.

Piso normativo de copeiro hospitalar
Passando de R$ 1.217,33 para R$ 1.251,41 mensais.

Piso normativo de cozinheiro
Passando de R$ 1.355,66 para R$ 1.386,77 mensais.

Para salários entre R$ 1.213,01 e R$ 3.032,50 – Reajuste de 2,30% – Aumento real de 0,54%
Para salários entre R$ 3.032,51 e R$5.458,50 – Reajuste de 2.07% – Aumento real de 0,31%.
Para salários acima de R$ 5.458,51 – Aumento fixo de R$ 112,99 ou livre negociação se for mais vantajosa.

VALE-REFEIÇÃO
Mantido em R$ 21,40 por dia de trabalho.

VALE-ALIMENTAÇÃO (CESTA BÁSICA)
Reajuste de 3% – Passando de R$ 137,00 para R$ 141,00
Obs.:Desconto congelado em R$ 6,50.

ASSISTÊNCIA MÉDICA
Benefício mantido e descontos congelados de R$ 50,00 mensais ou R$ 30,00 mensais + R$ 22,00 por consulta.

As empresas poderão compensar os aumentos ou antecipações concedidas no período de 01/06/2018 a 31/05/2019, excluindo-se os aumentos decorrentes de transferência de cargos ou função, promoção por mérito e equiparação salarial.

As negociações deste ano foram bem mais difíceis. Entre os fatores que dificultavam um acordo com o sindicato patronal estavam a baixa inflação do período (1,76%), a crise econômica que o país atravessa há alguns meses e as alterações que a Reforma Trabalhista trouxe na CLT.

“Sabíamos que as negociações seriam complicadas, muitas categorias negociaram reajustes abaixo de 2%. Diante de tantos obstáculos podemos dizer que nosso objetivo foi atingido. Conquistamos um reajuste acima da inflação e o principal é que conseguimos manter todos os benefícios da Convenção”, avaliou o presidente do Sintercamp, Paulo Ritz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *