Terceirizada de refeição demite e não paga rescisão

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sintercub

A firma de refeição coletiva Rkraft, que presta serviços à empresa portuária e de logística Embraport, vem demitindo empregados sem pagar corretamente verbas rescisórias e multa do fundo de garantia (FGTS).

A denúncia é do presidente do sindicato dos trabalhadores nas empresas de refeições coletivas da baixada santista e litoral (Sintercub), Abenésio dos Santos.

Ele tenta resolver o problema administrativamente, mas encontra dificuldades em “conversar seriamente” com a empresa. Por isso, levará o caso ao ministério do trabalho e emprego (MTE).

Abenésio procurará também o ministério público do trabalho (MPT). Em último caso, ele recorrerá à justiça do trabalho. “Infelizmente, os patrões não respeitam mais nada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *