Termina greve de ônibus em Mongaguá

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e Região

Empresa pagou salários atrasados de setembro e rodoviários suspenderam a greve iniciada na sexta-feira

Voltaram a circular, no final da tarde de segunda-feira (16), os 12 ônibus que transportam 12 mil passageiros por dia em Mongaguá. Eles estavam paralisados desde a manhã de sexta-feira (13).

Na manhã de hoje (2ª-feira), haviam voltado à operação os 14 veículos utilizados no transporte de 600 alunos da rede pública de ensino. A frota é da empresa Beira Mar.

Os 61 trabalhadores estavam sem receber os salários de setembro, que deveriam ter sido pagos no quinto dia útil de outubro, ou seja, sexta-feira retrasada (6).

Em assembleia na noite de sábado (14), a categoria decidiu manter parcialmente a greve nesta segunda-feira. Isso porque a empresa garantiu o adiantamento de R$ 350 de cada empregado no domingo (15).

O acordo previu a quitação do restante durante o dia de hoje (16), junto com o vale-refeição que venceu neste mesmo dia, o que aconteceu no final da tarde.

Nesta quinta-feira (19), a diretoria do sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de Santos e região e os grevistas se reunirão com os proprietários da Beira Mar.

“Queremos sanar todos os problemas”, diz o vice-presidente do sindicato, José Alberto Torres Simões ‘Betinho’, entre eles dez funcionários trabalhando sem registro em carteira.

O sindicalista lembra que a empresa não divulga os depósitos do fundo de garantia por tempo de serviço (fgts), além de atrasar com frequência os salários e benefícios.

Essa foi a segunda vez, em pouco mais de 30 dias, que os 41 motoristas, sete trabalhadores de manutenção, cinco administrativos, quatro de fiscalização e quatro de limpeza entraram em greve.

Em setembro, eles paralisaram as atividades, entre os dias 6 e 11, por atraso no pagamento salarial, do vale-refeição e da cesta-básica.

A categoria também parou em 13 de março, contra salários atrasados.

A garagem fica na Avenida São Luís, sem número, no pé da serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *