Comitiva do Sindquimbru vai a Brasília por eleições diretas

Fonte: Ieda Rodrigues – Lettera

Comitiva encabeçada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Fabricação de Álcool, Etanol, Bioetanol e Biocombustível de Bauru e Região (Sindquimbru) partiu na tarde desta terça-feira, 23/05, da Praça do Líbano, em Bauru, com destino a Brasília. Além da direção do Sindquimbru, integrantes de outros sindicatos regionais fazem parte do grupo que participará de ato nesta quarta-feira, 24, na capital, contra o governo Temer.

Somente do Estado de São Paulo são esperados 100 mil manifestantes que mostrarão a indignação e revolta da permanência de um governo ilegítimo e afundado em escândalos políticos. “Nossa luta é para que sejam convocadas novas eleições, pela retirada desde já das reformas trabalhista e previdenciária da pauta do Congresso, que nem o atual governo nem os congressistas têm condições morais de promover”, afirma Edson Bicalho, presidente do Sindquimbru.

A estimativa é de que sejam deslocados para Brasília 330 ônibus somente da Força Sindical do Estado de São Paulo. A Marcha até a capital será realizada em conjunto com as demais centrais – Nova Central, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Central Sindical e Popular (CSP Conlutas) e Central da Classe Trabalhadora (Intersindical).

Às 8h, terá início ato no Estádio Mané Garrincha. Às 10h, inicia-se a marcha até a frente do Congresso, onde haverá o ato político. A intenção é levar para as ruas trabalhadores e mostrar a eles as reformas realmente necessárias em benefício do povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda? clique aqui
Olá... tudo bem?
Como podemos te ajudar?